voltar para Página Inicial

Mercado Editorial

A corrupção é algo antigo no Brasil e usá-la como arma política também, diz historiadora. 0

Tema atual no cenário brasileiro, a corrupção, embora muitos queiram que pareça o contrário, não nasceu hoje. Tampouco é algo surgido há poucos anos ou décadas. Extraído do DCM.

Ler Artigo

É urgente voltar a Marx para entender nova fase da economia, diz professor. 0

Nick Nesbitt afirma que nem a esquerda nem os neoliberais têm explicação adequada para a atual transformação do capitalismo, com a automatização da produção e a substituição quase completa da mão de obra humana. Para ele, é urgente voltar a “O Capital”, de Marx, cujo primeiro volume completa 150 anos. Extraído do UOL.

Ler Artigo

A lógica predatória de lucro dos norte-americanos, por Ricardo Cavalcanti-Schiel. 0

As políticas de identidade a vinham repuxando, na esperança (distributivista — à la Raws) de que ela solucionasse o paradoxo de uma justiça já de antemão inviável (não dedutível). O que a eleição de Trump parece ter demonstrado é que essa linha pretensamente elástica pode ter chegado no limite de arrebentar. Extraído do GGN.

Ler Artigo

Economista Peter Temin mostra o subdesenvolvimento dos EUA. 0

Sem uma classe média robusta, os Estados Unidos não apenas regridem ao status de país em desenvolvimento, como também ficam cada vez mais vulneráveis a uma séria turbulência social que não se vê há várias gerações. Extraído do GGN.

Ler Artigo

A Era do Capital Improdutivo – e como superá-la. 0

Em seu novo livro, Ladislau Dowbor oferece chaves preciosas para decifrar a metamorfose do sistema e suas novas formas de dominar e concentrar riquezas. Extraído do Carta Maior.

Ler Artigo

Escritora nigeriana premiada propõe diagnóstico psiquiátrico para o racista. 0

No texto de hoje apresentamos trechos do resumo do livro Americanah, reproduzido do blog da Editora Companhia das Letras. Extraído do Carta Maior.

Ler Artigo

O dia em que André Lara descobriu os cabeças de planilha. 0

André não abre mão do discurso de torcedor, ao caricaturizar posições dos desenvolvimentistas, usando os métodos das caricaturas aos liberais, que ele critica em seu livro. Faz parte: ele escreve para um público de torcedores, intelectualmente limitados como todos os torcedores. Extraído do GGN.

Ler Artigo

O que Amartya Sen tem a ensinar aos brasileiros?, por Fábio de Oliveira Ribeiro. 0

É evidente que o Brasil chutou a escada antes de chegar ao primeiro mundo. Agora está sendo atirado num poço pelo seu governante. Se uma revolução não ocorrer, em 10 anos teremos um sistema educacional pior que a Índia e uma tirania mais sanguinária que a da China. Seremos os últimos entre os últimos. É isto o que nós desejamos? Extraído do GGN.

Ler Artigo

O peso das ideias na riqueza das nações. 0

Tanto as maçãs que compramos na quitanda como as que foram desenhadas no Vale do Silício são bens econômicos e incorporam o que há de mais precioso naquilo que consumimos: informação. No caso da fruta, esta informação se exprime em dezenas de milhares de genes que cumprem sofisticadas funções bioquímicas. Mas por mais que tenhamos alterado as maçãs para torna-las doces e suculentas, a verdade é que elas existiam no mundo antes de povoarem nossas mentes. Extraído do Adital.

Ler Artigo

Quarta revolução industrial e a sociedade dos desiguais. 0

“Outros pensadores vão dizer que estamos vivendo parte ainda da Terceira Revolução, mas Schwab a inscreve como quarta porque ela é sem precedentes em termos de velocidade com que as coisas acontecem, além disso há todo o potencial de evolução das tecnologias. É a revolução que permite que as coisas dialoguem entre si”. Extraído do Adital.

Ler Artigo