voltar para Página Inicial

Trabalho e Movimentos Sociais

A farsa da retomada da economia sinalizada pelo imposto de agosto, por J. Carlos de Assis. 0

O que vejo agora é o indefectível Henrique Meirelles impor ao país um imposto estritamente financeiro, sem qualquer vinculação com o setor produtivo, e que certamente vai contribuir decisivamente para a a retração econômica no país – e propagando a farsa de que é esses impostos são indicadores de retomada! Extraído do GGN.

Ler Artigo

Safatle: as Forças Armadas são parte do caos. 0

Que os liberais se lembrem de John Locke e de seu “Segundo Tratado sobre o Governo”. Que os protestantes se lembrem de Calvino e de sua “Instituição da Religião Cristã”. E que o resto se lembre que a liberdade se defende de forma incondicional. Extraído do CAF.

Ler Artigo

A fraude da Guararapes. Empresa mobiliza os seus trabalhadores para defender o seu modelo de precarização do trabalho. 0

De fraudadora, a Guararapes tenta vender a imagem de que é vítima e usa os trabalhadores como escudo para maquiar a sua farsa. A empresa levou de ônibus os trabalhadores da sua matriz em Extremoz para protestar em frente ao Ministério Público do Trabalho. Obriga aos seus trabalhadores defenderem a precarização e a destruição do próprio emprego. Extraído do Adital.

Ler Artigo

Comandante do Exército repete fala dos ruralistas sobre Amazônia. 0

A leitura de Villas Bôas é muito semelhante à dos deputados ruralistas Alceu Moreira (PMDB-RS) e Luis Carlos Heinze (PP-RS), integrantes da tropa de choque da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), expostas no documentário “Sem Clima“, realizado pelo De Olho nos Ruralistas. Extraído do Adital.

Ler Artigo

Leonardo Boff: estamos já em plena ditadura civil rumo à militar? 0

O pior de uma ditadura civil ou militar é sempre para o povo. As novas gerações não conhecem a crueldade de uma ditadura total. É de gelar a alma o silêncio da sociedade diante das declarações do referido general”. Que Deus e o povo organizado nos salvem. Extraído do DCM.

Ler Artigo

Altman: Golpe militar será contra o povo. 0

O denominador comum dessa coalizão militar, que passou a estruturar a formação doutrinária das Forças Armadas, foi o anticomunismo visceral, o ódio às ideias de esquerda. Os conflitos desde então existentes passaram a ser dentro do mesmo campo de classe: como deveriam se comportar os militares para defender o Estado burguês e o desenvolvimento do capitalismo brasileiro. Extraído do CAF.

Ler Artigo

Janio: o Golpismo militar está de volta! 0

O atual comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, dava seguro avanço ao exemplar trabalho do seu antecessor, general Enzo Peri, de educação civilizatória e limitação da sua oficialidade às atividades profissionais. Essa situação, sem precedente desde a construção do golpe militar batizado de proclamação da República, interrompe-se em uma manifestação divisível em duas partes distintas. Extraído do CAF.

Ler Artigo

Xadrez do fator militar, por Luís Nassif 0

As declarações do general do Exército Antônio Hamilton Martins Mourão, mencionando possibilidade de uma intervenção militar, definiram uma nova etapa, um novo normal em cima do anterior. Depois das intervenções das Forças Armadas em várias capitais do Nordeste, em Vitória e no Rio de Janeiro, devido à perda de controle dos respectivos governos sobre a segurança interna, se poderia considerar a afirmação apenas uma constatação óbvia. Extraído do GGN.

Ler Artigo

Por que os evangélicos trocaram os judeus pelos gays em sua pregação de ódio. Por Kiko Nogueira. 0

De todas as excrescências que temos testemunhado no pós-normal brasileiro, o caso da psicóloga e “missionária” Rozangela Alves Justino bate alguns recordes. Rozangela é a autora da ação na Justiça do Distrito Federal cuja liminar concedida na última sexta permite a “cura gay”. Extraído do DCM.

Ler Artigo

A carta de Freud à mãe de um homossexual: “A homossexualidade não pode ser qualificada como uma doença”. 0

A análise pode fazer outra coisa pelo seu filho. Se ele estiver experimentando descontentamento por causa de milhares de conflitos e inibição em relação à sua vida social a análise poderá lhe proporcionar tranqüilidade, paz psíquica e plena eficiência, independentemente de continuar sendo homossexual ou de mudar sua condição. Sigmund Freud. Extraído do DCM.

Ler Artigo