voltar para Página Inicial

Economia do Setor Público

A já esperada queda nas receitas. 0

A debacle fiscal já era esperada. O austericídio havia cortado a fonte de receitas lá atrás, pré anunciando a quem quisesse a chegada da etapa 2.0 da crise. Extraído do Carta Maior.

Ler Artigo

Superávit primário e dívida pública, por Paulo Kliass. 0

Abrimos mão de qualquer protagonismo do Estado na busca de uma saída para a crise. E continuamos a sangrar o orçamento público em direção do financismo, sob a amarra da armadilha do superávit primário. O pagamento de juros é imenso e a dívida pública continua a crescer. Extraído do GGN.

Ler Artigo

As empresas não pagarão as dívidas. 0

A dívida do Governo, das empresas e das famílias é impagável. Ou o próximo Presidente, em 2018, dá um calote da dívida ou o Brasil não sai do atoleiro em que está desde 1990, desde quando não cresce consistentemente, como não se cansa de dizer o professor Bresser-Pereira. Extraído do CAF.

Ler Artigo

Déficits, dívidas e espaço fiscal. 0

A margem para o aumento do gasto público, essencial para a retomada do crescimento, está mais restrita. Quais as alternativas? Extraído do Carta Maior.

Ler Artigo

R$ 6 bi de presente para os devedores do Fisco. 0

Isso quando não derrubam estas dívidas pela via administrativa, como fez o Itaú ao ter perdoada uma dívida de R$ 25 bilhões no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), há poucos dias. Extraído do Tijolaço.

Ler Artigo

Reforma trabalhista: o contexto da entrega, por Clemente Ganz Lúcio. 0

O Brasil está barato e a riqueza financeira internacional cada vez mais ávida para achar ativos que a façam crescer. O país se entrega ao capital externo, com concessões de vantagens, crédito e segurança cambial. Extraído do GGN.

Ler Artigo

CARF vs ITAÚ: Escândalo do financismo. 0

Jornais e televisão “se esquecem” de noticiar um escândalo de R$ 25 bilhões na esfera do Ministério da Fazenda e não mencionam uma peculiar decisão do CARF. Extraído do Carta Maior.

Ler Artigo

“A terceirização no setor público pode virar nepotismo e clientelismo”. 0

“A terceirização no setor público pode virar nepotismo e clientelismo”. O presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho alerta para os riscos das subcontratações de mão-de-obra. Extraído do GGN.

Ler Artigo

Esforço de memória: lembra do tripé macroeconômico? Com rombo de R$ 200 bi? 0

Dilma Roussef “degringolou as contas públicas” com um déficit de R$100 bi, contando todos os acertos das tais “pedaladas fiscais”. Michel Temer as está saneando com um déficit de R$ 200 bi. Extraído do Tijolaço.

Ler Artigo

BR 163 no centro da meta ou a economia política da circunstância, por André Araujo. 0

A tragédias de milhares de caminhões atolados na rodovia BR-163 e em outras rodovias amazônica, demonstra o absurdo da PERDA REAL DE VALOR na economia brasileira, por falta de investimento físico para o qual o Pais dispõe de amplos meios de realizar. Temos um imenso parque de maquinas para construção rodoviária e todo o material necessário para consolidar uma essencial rede de rodovias federais, sem as quais a produção não sai do lugar. Extraído do GGN.

Ler Artigo